Morte de Steve Jobs completa um ano


Valor de mercado da Apple quase dobrou neste período, mas será que Tim Cook vai manter o ritmo de inovação imposto por Jobs?

 

Morte do cofundador da Apple, Steve Jobs, completa um ano nesta sexta-feira. Jobs faleceu no dia de 5 de outubro de 2011, aos 56 anos, após conviver por anos com um câncer no pâncreas identificado em 2004.

Coincidentemente, a morte de Jobs aconteceu um dia após a apresentação do iPhone 4S. Duas semanas antes, no dia 24 de agosto, ele já havia renunciado ao cargo de CEO da empresa.

Apesar de ter perdido seu principal mentor, a Apple entrou em sua fase mais próspera após a morte de Jobs.
Neste um ano sob a liderança de Tim Cook, o preço das ações da Apple atingiram o ápice de 700 dólares, com o início das vendas do iPhone 5.

Com isso, o valor de mercado da empresa fundada em 1976 chegou à marca dos 660 bilhões de dólares – crescimento de 74% em relação ao valor registrado na data da morte de Jobs.

Ao mesmo tempo, a marca Apple foi a que mais se valorizou neste ano, atingindo uma valor de 76,5 bilhões de dólares – crescimento de 129%, segundo relatório da empresa Interbrand. Com isso, a Apple deixou para trás concorrentes como Amazon, Samsung e Oracle, que tiveram suas marcas valorizadas em 46%, 40%, e 28%, respectivamente.

Apesar de o clima ser mais leve (Cook é considerado conciliador enquanto Jobs era tirano) e o caixa estar cheio, a Apple sente a falta de Jobs quando o assunto é inovação.

Mesmo sendo um sucesso de vendas, o iPhone 5 não trouxe novidades de impacto. O mesmo se estende a linha de software e outros produtos.

Com isso, aumenta a responsabilidade do vice-presidente de design da Apple, Jony Ive, responsável pelo design de produtos com o Macbook, o iPod, o iPhone e o iPad.

Resta saber por quanto tempo Cook e Ive serão capazes de manter excitados - e fiéis - a legião de seguidores da maçã.

AddThis Social Bookmark Button

Adicionar comentário


Portuguese Chinese (Traditional) English French German Italian Japanese Korean Russian Spanish